Escola Alemã de Encontro

De acordo com a política cultural e educacional da Alemanha,  a Escola Alemã Corcovado – Deutsche Schule Rio de Janeiro – é uma escola de encontro bicultural e oferece um programa de ensino bilíngue em Língua Portuguesa e Língua Alemã.

A meta principal da escola é contribuir para que haja um melhor entendimento mútuo entre o Brasil e a Alemanha, intensificando a cooperação na busca de soluções para as questões intelectuais mundiais.

As funções principais das instituições de encontro são:

a)     Encontro com a cultura e a sociedade do país acolhedor;

b)     Educação para as crianças alemãs que se encontram no exterior;

c)     Fomento da língua alemã.

A EAC oferece dois ramos de ensino:

O Ramo Brasileiro (C) –  Os alunos, em sua grande maioria brasileiros, são preparados para a conclusão brasileira, de acordo com a  Legislação Brasileira.

O ensino  da língua alemã  é reforçado no Ramo C.  Os alunos têm aulas de língua alemã como língua estrangeira(DaF)  e em até mais três outras disciplinas do currículo. Os alunos realizam os Exames de Proficiência em Alemão (Deutsches Sprachdiplom der Kultusministerkonferenz - KMK). Durante os primeiros anos escolares,  os alunos brasileiros, cuja língua materna é o português, são preparados de tal maneira, que, caso tenham interesse e aptidão necessários, poderão passar para o Ramo  Alemão da escola a partir do Ensino Fundamental.

O Ramo Alemão (R) – Os alunos alemães e brasileiros  têm aulas  principalmente em língua alemã. O  programa de ensino contempla, em sua grande maioria, as metas de ensino e educação da Alemanha. Além disso, e de acordo com a Legislação Brasileira, algumas disciplinas são lecionadas em Língua Portuguesa. Condição básica para a participação de alunos não-alemães no ensino deste ramo é um bom domínio da língua alemã. Todos os alunos deste ramo são preparados para a conclusão do ensino médio brasileiro e para a conclusão do ensino médio alemão (Abitur).

A escola alemã de encontro distingue-se das escolas alemãs integradas por  oferecer, graças à sua divisão em dois ramos, a possibilidade de alunos brasileiros serem admitidos, mesmo não apresentando de antemão os requisitos básicos para conseguirem uma conclusão bilíngue.

90% dos alunos da EAC são brasileiros. A cada ano, 30 a 40 alunos do Ramo C passam para o Ramo R, mas, mesmo assim, no final da carreira escolar, mais de 50% alunos realizam não somente a Conclusão, como também o Abitur. Anualmente, mais de 80% dos alunos são aprovados nos Exames de Proficiência em Alemão do nível II.