Notícia

Concerto final na Alemanha - Orquestra Corcovado

O público entusiasmado no auditório da universidade de Regensburg, em 27 de outubro de 2017, aplaudiu de pé os músicos no concerto final da primeira etapa do projeto de encontro bilateral ”3 Orquestras, 2 Continentes, 1 Língua“. Em 19 de outubro, a Orquestra Corcovado, composta de alunos de nossa escola e jovens músicos dos projetos sociais Ação Social pela Música e Camerata Laranjeiras, viajou para a Alemanha para uma estada de 10 dias. Na Academia de Música em Alteglofsheim, a Orquestra de Cordas do Brasil encontrou-se com o grupo de percussão da Clermont-Ferrand-Mittelschule de Regensburg. Sob a orientação e coordenação de músicos da Orquestra Sinfônica de Munique, os jovens ensaiaram e prepararam-se para o concerto final sob o lema ”Classic meets Samba“. A direção do conjunto teuto-brasileiro coube ao famoso regente Vasco Negreiros de Portugal.

A ideia de criar um projeto de encontro foi proposta já no ano 2014, em ocasião de uma visita de representantes da Conferência Permanente dos Ministros da Educação e Cultura dos Estados da República Federal da Alemanha à Escola Alemã Corcovado. O Ministério da Cultura do estado da Baviera patrocina o projeto desde 2016 com recursos de seu fundo cultural. O projeto tem a finalidade de fortalecer o desenvolvimento e a autoestima de jovens, sobretudo de jovens de famílias carentes. O interesse pela música partilhado pelos jovens participantes serve como elo, tanto entre as culturas quanto entre os grupos de diversos entornos sociais. ”A música é a arte que nos toca de modo mais direto“, opina Carolin Freßle, professora de música e coordenadora do projeto. ”Ela nos ajuda a superar as barreiras linguísticas.“

Além de oito alunos da Escola Alemã Corcovado, o projeto convidou 14 jovens integrantes de projetos sociais, com os quais a escola mantém uma parceria há vários anos. Em dezembro de 2016, os jovens músicos encontraram-se pela primeira vez. Desde então, muitas coisas aconteceram. ”Foi muito emocionante vivenciar como os jovens se integraram. No início, os jovens músicos só interagiam em pequenos grupinhos. Em razão dos ensaios e das apresentações conjuntas, isso mudou bastante. Agora, nós somos uma verdadeira orquestra“, relata a professora de música Karolin Broosch. ”Eu acho que agora nós nos tornamos amigos,“ complementa a aluna Ana Beatriz. ”No início, nós não conversávamos muito; mas agora nós conversamos bastante – não só sobre a música, mas também sobre a nossa vida.“

Desde maio de 2017 a Orquestra encontra-se uma vez por semana para tocar em conjunto.  A ansiedade em relação à viagem para a Alemanha crescia a cada ensaio. A viagem pôde ser financiada graças aos recursos disponibilizados pela empresa B. Braun Melsungen. Para muitos jovens integrantes dos projetos sociais, essa viagem foi a primeira viagem para o exterior. ”Quem sabe quando voltaremos a obter uma chance assim“, afirma Ighor da Camerata Laranjeiras com perceptível emoção. ”As realidades por nós vividas são muito distintas. Nesse projeto, nós podemos mostrar que as pessoas advindas de diversos entornos sociais podem aprender umas com as outras e complementar-se.“    

Além dos ensaios intensos sob a orientação e coordenação da Orquestra Sinfônica de Munique, foi oferecido aos jovens músicos um rico programa cultural, em que participaram de uma série de atividades de lazer e passeios em Regensburg e redondezas. O encontro com os alunos da escola Clermont-Ferrand-Mittelschule também será algo inesquecível para os jovens. ”A escola é muito ativa na área da integração entre crianças e jovens que migraram de outros países. Além do grupo de percussão, a escola oferece várias outras atividades opcionais. Nós até fomos entrevistados pela Radio-AG“, relata Carolin Freßle. Depois de todas essas vivências emocionantes, a despedida foi bastante difícil. ”Na roda de despedida, em que cada um podia descrever os seus sentimentos, foram derramadas algumas lágrimas.“         

Depois da semana de projetos que culminou com o concerto final, o encontro entre os jovens da Baviera e do Brasil deverá ser aprofundado ainda mais. No outono de 2018, os alunos de Regensburg visitarão a Escola Alemã Corcovado, a fim de dar continuidade a essa exitosa cooperação musical.

No blog da Escola Alemã Corcovado encontra-se documentada a viagem dos alunos com vários vídeos e fotos: www.eacorcovado.com.br/orquestracorcovado
.

Fotos: Oliver Jaeckel